Cirurgia Plastica Reconstrutiva e Estetica

  • Proteses Gluteas-
  • Proteses de Panturrilha-
  • Proteses Mamarias-
  • Abdominoplastia-
  • lipoaspiração-
  • lipo-laser

BOTAFOGO

Rua Bambina 56 grupo 408-410 BOTAFOGO

NOVA IGUAÇU

Rua Getulio Vargas, 87 sala 411 NOVA IGUAÇU

domingo, 3 de outubro de 2010

SLIMLIPO - LIPO LASER - PERGUNTAS E RESPOSTAS. Segunda Parte


A SLIMLIPO é uma técnica melhor do que a Lipoaspiração tradicional?

A lipoaspiração tradicional é uma técnica bem sucedida para remoção da gordura e para promover um contorno corporal desejado pelo paciente; porém, em torno de 20 % dos pacientes submetidos com lipoaspiração tradicional apresentam alguma queixa referente a irregularidade, flacidez, linhas de marcação, ou fibroses. Este tipo de queixas diminui drasticamente após o tratamento com lipoaspiração a laser, provavelmente, pela liquefação que a fibra de laser promove na gordura, fazendo com que a gordura seja removida de forma mais uniforme, além de retrair a pele de uma forma mais ativa. A SLIMLIPO ajuda nas lipoaspirações secundárias, que tem como complicações irregularidades, elevações ou acúmulos de gordura residuais, permitindo a restauração da firmeza da pele. Da mesma forma, quando indicada como procedimento inicial, a SLIMLIPO previne substancialmente essas complicações. Eventualmente a retração cutânea também pode ser obtida pelas lipoaspirações auxiliadas por ultrassom, porém o risco de queimadura de pele aumenta muito neste método o que limita muito, quase que exclusivamente, a sua utilização na região abdominal. A fibra do SLIMLIPO é muito fina, o que permite a sua utilização em qualquer região do corpo.

COMO É REALIZADA A SLIMLIPO?

A lipoaspiração a laser pode ser feita sob anestesia local ou sob anestesia geral, o ponto mais importante é que seja realizada num centro cirúrgico adequado, com técnicas assépticas como em qualquer procedimento cirúrgico e com as precauções devidas. É importante resistir a tentação do preço baixo pois as vezes isso significa riscos de vida ou de infecção desnecessários.

Inicialmente é introduzida uma pequena cânula na pele para infundir uma solução especial nos tecidos, que pode conter anestésico e dará o efeito tumescente que o cirurgião precisa. O propósito deste fluido tumescente é minimizar o sangramento, prover controle da dor por até 24 horas e preparar a gordura que está embaixo da pele para ser posteriormente removida. A tumescência na pele permite que a fibra do laser se movimente mais facilmente na camada de gordura e assim seja mais cômoda a remoção da gordura. Pela mesma incisão pela qual foi introduzida a cânula de infiltração é colocada a fibra do laser, e por meio de movimentos de vaivém a ponta da fibra transmite os raios do aparelho à camada de gordura para que a mesma seja liquefeita e facilmente extraída. Após ser dissolvida, a gordura é removida por uma cânula de 2 a 3 milímetros de diâmetro e por meio de um aparelho clássico de lipoaspiração ou mesmo por sucção com seringa. Quando finalizado o procedimento, as incisões de entrada são fechadas por pontos de nylon finos ou por aproximação com fitas de micropore. A área que foi tratada deve ser submetida a compressão por meio de uma cinta apropriada para dar suporte a pele.

Após um período de recuperação para se ter certeza que o paciente está estável, ele é liberado para casa com medicações profiláticas para dor e processos infecciosos. Geralmente, o paciente retorna ao consultório após 5 a 7 dias para remoção dos pontos de sutura .

Nenhum comentário:

Postar um comentário